Dicas de saúde

Voltar para a lista completa de dicas

Beijo no Carnaval: Fique atento aos riscos e saiba como se prevenir

Por Dr(a). Médico sem FIla em Prevenção no dia 7 de fevereiro de 2018

Beijo no carnaval: fique de olho nas possíveis doenças e riscos de infecções virais.

Entre os bloquinhos, bailes e amores que surgem no Carnaval, todo cuidado é necessário para se prevenir de doenças transmissíveis.

Um simples beijo pode transmitir diferentes vírus, bactérias e fungos, propiciando a contaminação e o surgimento de algumas doenças. Pessoas com sistema imunológico mais fraco, seja por patologias ou hábitos de vida pouco saudáveis, correm ainda mais risco, uma vez que o organismo fica mais exposto e indefeso.

Conheça algumas das doenças que podem ser facilmente contraídas transmitidas através de um simples beijo.

Doença do beijo

A Mononucleose, mais conhecida como doença do beijo, tem como principal meio de transmissão a troca de salivas. Causada pelo vírus Epstein-Barr, a infeção, normalmente, apresenta sintomas 30 a 40 dias após a exposição. Os sintomas, que são bem semelhantes à de uma gripe forte, são: mal-estar, dor no corpo, febre, dor de garganta e íngua.

Sífilis

Apesar de sua transmissão ser mais comum através do contato sexual, ela também pode acontecer através do beijo, se o portador da infecção tiver alguma ferida na boca, o que é comum na segunda fase da doença.

O tratamento da Sífilis é feito com uso de antibióticos.

Herpes

A Herpes é uma infecção viral que se caracteriza pelo surgimento de pequenas bolhas ao redor dos lábios ou dos órgãos genitais. A transmissão do vírus pode acontecer através do contato direto com uma pessoa infectada (relações sexuais ou beijo) ou no compartilhamento de objetos (talheres, batom ou copos).

Apesar de não ter cura, a utilização de medicamentos no tempo correto pode amenizar o surgimento de feridas.

Cáries e Gengivite

Por serem doenças infecciosas, causadas por bactérias, as cáries e gengivite também podem ser transmitidas através do beijo.

Para evitar esse tipo de contaminação, invista na sua higiene bucal. A escovação bem feita e uso do fio dental estimulam a imunidade bucal, dificultando a propagação de bactérias.

Conclusão

Neste Carnaval, divirta-se, mas não abra mão da sua segurança e saúde. Lembre-se de se alimentar bem e se hidratar adequadamente, fortalecendo seu organismo contra doenças.

O beijo traz diferentes benefícios para nossa saúde: melhora a circulação, promove bem estar, libera hormônios do prazer e exercita os músculos. Entretanto, vale tomar os cuidados necessários.

> Conheça o Check-up Sexo Seguro Médico Sem Fila

Veja também

Beijo no carnaval: fique de olho nas possíveis doenças e riscos de infecções virais.

Beijo no Carnaval: Fique atento aos riscos e saiba como se prevenir

Leia mais
Mastologista - Quando devo agendar uma consulta?

Mastologista – Quando devo agendar uma consulta?

Leia mais