Dicas de saúde

Voltar para a lista completa de dicas

Pedra nos rins – Sintomas, tratamento e prevenção para o Cálculo Renal

Por Dr(a). Médico sem FIla em Guia da saúde no dia 26 de janeiro de 2018

Cálculo renal - Pedra nos rins

Dor nas costas, náuseas e infecção de urina: isso pode ser Cálculo Renal.

Popularmente conhecido como Pedra nos Rins, o Cálculo Renal é um problema que causa muita dor e desconforto aos pacientes. A disfunção que é comum entre homens e mulheres de diferentes idades, atinge três vezes mais os homens, principalmente entre os 20 a 40 anos.

Hoje, vamos falar sobre as causas, sintomas e como se prevenir!

Pedra nos rins

Você provavelmente teve ou conhece alguém que já sofreu com o terrível Cálculo Renal. Mas você sabe de onde surgem as pedrinhas que entopem o sistema urinário e porque isso acontece? Vamos te explicar.

Porque são formadas as pedras nos rins - cálculo renal

Através da produção de urina, os rins conseguem desenvolver sua principal função: desintoxicar nosso organismo. Nesse processo, eles retêm água e outros elementos, como cálcio, ácido úrico e fósforo. Quando há pouco líquido para dissolver essas moléculas, forma-se o Cálculo Renal.

O Cálculo Renal surge nos rins e pode comprometer o funcionamento de outros pontos do sistema urinário. Quando desce pelo ureter que é muito estreito, por exemplo, o organismo causa contrações para conseguir expulsar a pedra e a dor tende a ser bem forte.

Sintomas

A medida que a pedra se movimenta dentro do organismo, o local e a força da dor também podem variar.
Os sintomas mais comuns do problema são:

  • Dor nas costas, que pode ir para outras áreas (muitas vezes a dor irradia das costas para a virilha);
  • Sangue na urina (urina rosa, vermelha ou marrom);
  • Náuseas e vômito;
  • Infecção de urina;
  • Dor ao urinar;
  • Aumento da vontade de fazer xixi;
  • Febre acima de 38º C.

Prevenção

A melhor forma de prevenir o surgimento do Cálculo Renal é através de uma alimentação balanceada!

Beba muito líquido: a boa hidratação é fundamental para que os rins funcionem adequadamente. Não se esqueça de ingerir, no mínimo, 2 litros de água por dia. Fique atento com a cor do seu xixi, ele deve estar sempre clarinho.

Evite proteínas em excesso: o consumo excessivo de proteínas de origem animal – como carnes, manteiga, leites e ovo, aumenta os níveis de ácido úrico em nosso organismo, um dos principais elementos do Cálculo Renal.

Reduza o consumo de sódio: presente no sal de cozinha, temperos em cubos, processados e embutidos, o sódio facilita a deposição de sais no organismo, por isso, seu consumo deve ser bem controlado.

Ler mais:  Sódio – O consumo excessivo de sal e a saúde

Cuidado com suplementos de cálcio: apesar de ser fundamental para nosso organismo, a suplementação só deve ser feita com recomendação médica, uma vez que pode sobrecarregar os rins.

Pessoas com obesidade, hipertensão ou histórico de problemas renais na família tem mais predisposição a desenvolver a doença. Por isso a atenção deve ser redobrada.

Tratamento

Quando pequenas, as pedras são expelidas naturalmente do nosso organismo, mas a partir de 1 cm de diâmetro, pode haver a necessidade de realizar procedimento médico para auxiliar a passagem do cálculo.

Assim, ao suspeitar de pedra nos rins é fundamental consultar-se com um nefrologista. Por meio da realização de exames de urina, ultrassom ou raio-x, o médico conseguirá realizar o diagnóstico correto e dar início ao tratamento adequado, que na maioria das vezes inclui uso de medicamentos para controlar as dores causadas pelas contrações.

Receita popular para auxiliar no tratamento do Cálculo Renal, o chá de quebra-pedra ajuda na eliminação das pedras, uma vez que possui ação diurética e possui propriedades que relaxam os ureteres (onde a pedra causa mais dor). Vale a pena experimentar!

A Médico Sem Fila oferece consulta de Nefrologia com preços que cabem no seu bolso, clique e saiba mais!

Veja também

Cálculo renal - Pedra nos rins

Pedra nos rins – Sintomas, tratamento e prevenção para o Cálculo Renal

Leia mais
Dor na boca do estômago: principais causas

4 causas para dor na boca do estômago

Leia mais
tipos de diabetes mais comuns

Entenda as principais diferenças entre os dos tipos de diabetes mais comuns

Leia mais